Visitas on line

Tradutor:

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Fatos do cotidiano

Criança tem cada uma...!!
      Estávamos passeando pelas ruas de Monte Verde, cidade turística, e muito linda por sinal, quando resolvemos entrar em uma loja de decoração. Sempre que entrávamos em uma loja a minha cunhada, carinhosamente, sempre diz para a pequerrucha:" não toque em nada porque aqui tudo quebra." Mas, criança é criança e acaba pondo a mão em algumas coisas..,e leva uma bronca danada.
    Entramos em uma determinada loja, sem coisas interessantes para criança.O que tinha eram quadros e todos pendurados nas paredes. Sem muito o que fazer, minha sobrinha resolveu prestar atenção na conversa da  vendedora e sua mãe. Eu ali do lado só observando os acontecimentos. A mulher explicou todos os detalhes de como os quadros eram feitos, com fibras de bananeira e elementos da natureza. Não se  cansava de explicar, quando disse, que só não conseguia tirar da natureza o azul, pois não existia nada na natureza que fornecesse essa cor. Minha sobrinha, que só tem três anos, virou e disse:"e o céu não é azul!?"
    Na realidade o que ela queria dizer é,  por que a mulher não tirava do céu, a cor azul que precisava, para pôr nos quadros.
    A vendedora ficou espantanda com a observação, e resolveu explicar a ela porque  não conseguia tirar o azul do céu. Se ela entendeu eu não sei, só sei que quando não pode mexer nas coisas vem cada pergunta.....!!! "
 


O menino de turbante
                     Essa não é da Nati mas vale a pena contar:
      Isso aconteceu faz algum tempo, mas causou muito riso em quem presenciou a cena....

    Todos os dias minha amiga tomava o ônibus para ir ao trabalho e se sentava sempre nos fundos porque ela  descia no último ponto, então não tinha problema algum.
    Quando o ônibus estava quase cheio, entrou uma senhora muito brava, carregando um menino de uns cinco anos, com um turbante enorme na cabeça. Passou na roleta e foi para o fundo do ônibus. As pessoas que estavam no ônibus não se aguentavam de curiosidade e toda hora olhavam para trás para ver o bendito do menino com aquele turbante. Todo mundo curioso para saber o que era aquilo. Mas ninguém tinha coragem de perguntar. O ti,tit,ti, dentro do õnibus era imenso. Num determinado momento uma outra senhora que estava por perto resolveu desvendar o mistério e perguntou:
    - O que aconteceu com o garoto?
    A mulher disse  bem alto para todo mundo ouvir:
   -Esse idiota, não tinha o que fazer, pegou o penico para brincar de soldado e colocou na cabeça, fez pressão e agora não sai mais. Estou levando ele pro Pronto Socorro pra ver se o médico tira.
     Todo mundo caiu na risada, e o menino ficou lá com uma cara de coitado. Acho que nunca mais vai brincar de soldado. Mãe passa cada vexame..!!!

9 comentários:

Yoyo Pizy disse...

Kkkkk..Essas aí são as pérolas que gostamos de ouvir.
Você já voltou amiga??
Bjo no core

Tati Pastorello disse...

Nossa Laís, imagino o desespero desta senhora... Que horror!!
Mas a história da sua sobrinha eu adorei! Muito fofa. E melhor ainda foi sua conclusão: quando não pode mexer nas coisas vem cada pergunta
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ri mais ainda disso!!
Beijos.

welze disse...

Ô passeio bom que é vir aqui. Se descontrair com causos e coisinhas. Tudo muito gostoso de ler e ficar pensando a respeito. delícia das boas

Carina disse...

Lais, adorei o comentário da sua sobrinha!!! =]
E eu assistia o desenho que você colocou a figura, era do Johnny Quest! rs =]

www.comtextosdavida.com disse...

Oi pessoal!
Agradeço as visitas e os comentários.Existem coisas boas e engraçadas que acontecem na vida da gente que devem ser partilhadas.
bjs Lais

Eduardo Medeiros disse...

Laís, que boas histórias!! tadinho do menino, foi "punido" pela imaginação...já a menina, é um poetisa nata: ora, é só tirar o azul do céu! Crianças são poetas por natureza.

gostei muito, abraços

prof@ Roseli disse...

É ótimo saber que ainda temos crianças ... que agem, pensam e sentem como crianças.

Existe uma pressa em transformar as crianças em adultos em miniatura.

O pior é que depois essas crianças quetiveram a infancia atropelada viram adultos infantilizados!!!

Eu e o meu mau humor ....eheheheh

Efeito escola ...

prof@ Roseli disse...

É ótimo saber que ainda temos crianças ... que agem, pensam e sentem como crianças.

Existe uma pressa em transformar as crianças em adultos em miniatura.

O pior é que depois essas crianças quetiveram a infancia atropelada viram adultos infantilizados!!!

Eu e o meu mau humor ....eheheheh

Efeito escola ...

Sandra disse...

Bem o meu recado apesar de ser recente é sobre uma um comentário feito, acretido em maio, sobre um filme "O diário de uma babá". Mas o que mais me chamou a atenção foi o argumento utilizado para ilustração deste filme, fragmentos mencionado do livro "Perdas Necessárias". Li e aprendi coisas que para mim estavam obscuras; principalmente as últimas páginas foram de grande valor para entender fatos que até então vinham me perseguindo. Recomendo e gostaria que você continuasse dando estas dicas de leituras que provavelmente, não só para mim, mas para muitas pessoas, será de suma importância.

Related Posts with Thumbnails