Visitas on line

Tradutor:

sábado, 12 de junho de 2010

"Dia dos (e)namorados"

          Hoje é o Dia dos (E)Namorados, como o amor é sustentáculo da vida, o elo que une a todos, inclusive os (e)namorados, não há como não prestar uma homenagem aos que amaram,amam e amarão um dia.
           Escolhi uma poesia de J.G.de Araújo Jorge,para esse dia.O amor conjugado em todos os tempos, para os que amam ou querem amar.
                                       
O verbo amar
                               Te amei: era de longe que te olhava
e de longe me olhavas vagamente...
Ah, quanta coisa nesse tempo a gente sente,
que a alma da gente faz escrava.
Te amava: como inquieto adolescente,
tremendo ao te enlaçar, e te enlaçava
adivinhando esse mistério ardente
do mundo, em cada beijo que te dava.
Te amo: e ao te amar assim vou conjugando
os tempos todos desse amor, enquanto
segue a vida, vivendo, e eu, vou te amando...
Te amar: é mais que em verbo é a minha lei,
 é por ti que o repito no meu canto:
te amei, te amava, te amo e te amarei!

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro -Bazar de Ritmos- 1935 e tela de Valegov-yellow roses)

2 comentários:

prof@ Roseli disse...

“Ao passo que amar eu posso até a hora de morrer
Amar não acaba.
É como se o mundo estivesse a minha espera e eu
vou ao encontro ao que me espera”
Clarice Lispector

Mas em tempos de sentimentos tão estranhos,lembrei-me de uma (quase ) profecia de Vinicius:
-É preciso inventar de novo o amor!"

Yoyo disse...

Que o seu Dia dos Namorados tenha sido muito feliz, minha querida amiga
Bjos

Related Posts with Thumbnails